Wellington Paulista (ao cento) comemora um de seus                     dois gols na 'final brasileira' da Libertadores

Deu Cruzeiro. É o time mineiro que será o responsável por representar o Brasil na final da Taça Libertadores da América, contra os argentinos do Estudiantes, nos dias 8 e 15 de julho, sendo que o jogo de volta será no Mineirão. O clube de Belo Horizonte empatou com o Grêmio em 2 a 2 na noite desta quinta-feira, no estádio Olímpico, em Porto Alegre, depois de vencer a partida de ida por 3 a 1, no Mineirão. Agora, a Raposa vai em busca do tricampeonato da competição – já levantou o caneco em 1976 e 199São Paulo venceu o também brasileiro Atlético-PR. No ano seguinte, o time do Morumbi perdeu do compatriota Internacional. Em 2007, o Grêmio foi vice do Boca Juniors, feito repetido pelo Fluminense, derrotado pela LDU ano passado. Vale lembrar que o critério dos gols fora de casa não tem valor na final

No ano do bicampeonato, por coincidência, o Cruzeiro também eliminou o Tricolor Gaúcho durante a campanha. Só que foi nas quartas de final. Na ocasião, o técnico celeste era Paulo Autuori, agora no clube gaúcho. Outra curiosidade é que Wellington Paulista, autor dos dois gols mineiros, esteve para se transferir para o Olímpico. Depois de estar bem perto de assinar, no entanto, ele optou pela Toca.

A presença de um time brasileiro na decisão da Libertadores tem se tornado praxe nos últimos anos. Desde 2005 é assim. Naquele ano, o campeão




    Leave a Reply

    Fill in your details below or click an icon to log in:

    WordPress.com Logo

    You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

    Twitter picture

    You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

    Facebook photo

    You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

    Google+ photo

    You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

    Connecting to %s



%d bloggers like this: